Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Mentira

 

Boa noite doutora,

 

Meu nome é N. e tenho um filho de 21 anos,  muito alegre e falador mas percebemos que muitas coisas que ele fala não é verdade, mas até então, algumas pessoas saíram machucadas, pois ele conta as coisas com tanta convicção, com tantos detalhes que qualquer um(para não dizer todos) acreditam nele.

Como poderemos ajudá-lo e como devemos tratá-lo?

 

Obrigado.

Cara N.,

 

A mentira repetitiva é uma actividade impulsiva, que pode se tornar uma compulsão. A pessoa começa a mentir, torna-se vítima da própria história e tende a continuar aquela história. A pessoa de facto acredita. É diferente de uma pessoa que vai mentir por algum motivo casual.

 

O seu filho precisa de acompanhamento psicológico. Procurem motivá-lo a procurar ajuda para fazer um tratamento no sentido de melhorar a sua auto-estima para poder se assumir, com suas “qualidades” e “defeitos” e eliminar a  insegurança que provoca a necessidade de mentir e o faça perceber que a verdade e a autenticidade é o caminho para uma vida plena e madura.

 

Um abraço

Mariagrazia