Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformações com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações relacionadas com o seu bem-estar. Encontre o equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia para favorecer seu crescimento psicológico.

Consultório de Psicologia

Espaço de transformações com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações relacionadas com o seu bem-estar. Encontre o equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia para favorecer seu crescimento psicológico.

Perdoar e esquecer

 

 

Boa tarde.
Dirijo-me a si no intuito de conseguir ajuda anónima.
Descobri com a maioria dos detalhes, há dois anos, que a minha mulher me andava a trair e desde então tento esquecer e perdoá-la, mas o facto é que a nossa vida passou de boa a miserável, pois estou constantemente a pôr-lhe à cara o que aconteceu e desde a descoberta que me sinto, inútil, triste, feio, constantemente com mágoa e nutro revolta por quase toda a gente, etc, etc.

 

Eu não era assim, fiquei assim depois disto.
Continuo a tentar esquecer e perdoar, pois gosto muito da sua companhia, da sua amizade, das coisas que ela faz, noto o quanto ela é linda, mas no final e embora veja e lhe diga tudo isto, ela não tem valor nenhum nem como esposa nem como mulher, pois em quase 15 anos de casamento nunca eu tive sequer a ideia de a magoar desta maneira e ela não se fez rogada assim que teve oportunidade.

 

Deparo-me nesta situação, mas embora já tenha tido inúmeras oportunidades de a trair ou de a deixar, certo é que não consigo e porque sei que não tenho coragem e porque ninguém merece uma coisa destas...

 

Ajude-me por favor, pois tenho vergonha de procurar ajuda...
Muito Obrigado e muitas felicidades para o seu trabalho.

 

”Perdoar” não è uma questão de querer e “esquecer” nem sempre é possível. O ser traído leva a um sofrimento, além de influir na sua auto-estima. Acontece que está ainda muito magoado e sentido com a situação e por enquanto sente-se como paralisado sem saber que rumo tomar para se sentir melhor.

 

Pagar com a mesma moeda”, não é boa ideia. A revolta vai passar. Se não sabe o que fazer é porque ainda não resolveu dentro de si.

Nem toda a relação termina com uma traição. Quando existe amor, a relação pode ser reconstruída. Procure tentar perceber se a sua pode ser reconstruída.

 

Com tranquilidade e bom senso vai conseguir.

Fique bem

Mariagrazia

60 comentários

Comentar post

Pág. 1/5