Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Ser feliz na relação

picasso45.jpg

 

Boa noite,

 

Começo por dizer que encontrei o seu site fazendo uma pesquisa por "Consultório Sentimental", e resolvi enviar um email.

 

Tenho 38 anos, 2 filhos, e sou divorciado há 3 anos. Desde essa data já tive 4 relacionamentos, todos eles com mulheres fantásticas. Actualmente estou (apesar de não viver) com uma mulher maravilhosa (bonita, elegante, com personalidade, séria, honesta, trabalhadora...enfim....a mulher ideal para quase todos os homens) de 27 anos.

 

Vivo as relações com muito entusiasmo na fase inicial, e por volta dos 6 meses começo a saturar-me sem que nada aconteça que justifique esse meu comportamento. Os meus pais já evitam conhecer as minhas namoradas...por motivos óbvios! A minha actual namorada, e sinto-o, ama-ma de coração. Falamos horas. Somos muito dedicados. Apesar de ela estar na Madeira, falamos horas, e encontramo-nos todos os fins de semana (na minha cidade ou na ilha da Madeira).

 

Dede há 1 semana que começo a sentir algum distanciamento da minha parte, e algum arrefecimento sentimental, sentindo que esta relação vai parar onde pararam todas as outras....no "lixo". E eu não quero. Será que a Psicologia pode ajudar-me a salvar a relação?

 

Sei que os dados são escassos, e a resposta é díficil de ser dada assim com um "SIM" ou "NÃO", mas estou preocupado comigo, e com a dôr que mais uma vez posso causar num ser humano fantástico. Quero com toda a certeza ser feliz com esta mulher!

 

Obrigado por toda a atenção.

António

 

 

 

Caro  António

 

Mais do que querer ser feliz com esta mulher, precisa procurar a "sua" felicidade e a sua estabilidade emocional.

 

Para isso o mais indicado é fazer uma psicoterapia para poder conhecer -se melhor e entender o que se passa realmente consigo à nível psicológico, perceber o que o impede de manter um relacionamento estável e duradouro, compreender quais são os bloqueios que existem e dificultam o seu pleno desenvolvimento psicológico e a perceber como ultrapassar suas dificuldades.

 

Procure confiar em si próprio. Goste de si.  Viva com naturalidade e espontaneidade e lembre-se que "só você" pode  mudar e melhorar a "sua" vida.

 

Fique bem

Mariagrazia