Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Efeito da medicação

 

Venho este meio pedir a sua opinião sobre a medicação que ando a tomar há cerca de 2 anos tive uma depressão derivado a vários problemas que tive num espaço curto de tempo com morte de familiares entre outras coisas fui a um neurologista e tomei a seguinte medicação cipralex e victan.
Senti me bem tomei durante 6 meses e fiz a fase de desmame só que voltado 6 meses tive uma recaída e volteia tomara mesma medicação, so que há 4 meses para cá mudei do cipralex para o stablon e o que e certo e que ia ao ginásio fazia a minha vida normal, só que há uns 2 meses para cá tenho andado cansado e tenho andado com muitas extras sístoles já fui a um cardiologista e ele diz que não tenho nada mas noto que o meu ritmo cardíaco aumentou e sinto me mais cansado e ando de novo com sensação de desmaio e um aperto no coração eu acho que esta medicação não me anda a fazer efeito ou já ando a tomar há tempo de mais pq noto que não tenho problemas algum para andar stressado e noto que o meu organismo anda diferente ando a tomar 1 comprimido de stablon de manhã e meio victan ao almoço e um ao deitar mas noto que não ando melhor pelo contrario acho que ando a tomar estes anti depressivos há tempo de mais e o meu organismo anda se a ressentir gostava de saber a sua opinião isto se puder dar porque sinceramente acho que os efeitos dos comprimidos e que me andam fazer isto.
O efeito da sua medicação deve ser discutida com o seu médico, pois só assim é que ele vai poder ajustar a dose para que seja ideal e possa ter efeitos positivos.
 
Na minha opinião penso que os sintomas que indica podem estar relacionados com ataques de ansiedade e não estão relacionados com os medicamentos, pelo contrário os medicamentos o ajudarão a superar esses inconvenientes.
Dois anos não são assim tanto tempo, quando necessária a medicação pode ser tomada durante muito tempo.
 
Fique bem.
Mariagrazia