Sábado, 16 de Fevereiro de 2008

Metabolismo acelerado

Bem hajam,
 
O meu nome é S., tenho 21 anos e julgo sofrer de metabolismo acelerado!
 
O processo do meu emagrecimento súbito surgiu há cerca de 2 anos a esta parte; meço 1.64m de altura e peso 44kg. Tal facto não me assustaria se não tivesse perdido 10kg no decorrer deste tempo.
 
Sei que não tenho qualquer tipo dedoença tiroideia pois faço análises regularmente. Contudo, sou uma pessoa muito ansiosa/nervosa, mesmo perante situações de pouca importância, ou diria mesmo, de insignificante importância. Todavia, em momento algum sofri de falta de apetite, simplesmente não assimilo a alimentação que ingiro, continuando gradualmente a emagrecer.
 
Este emagrecimento causa-me transtorno, visto que, começo a não "reconhecer" o meu próprio corpo e consequentemente sinto que este facto me esta a causar complexos.
 

Agradecia encarecidamente que me elucidassem acerca deste problema e, se possível, sugerirem-me algumas soluções. Grata pela atenção.

Cara S.,
Realmente o seu peso está muito abaixo do desejável que seria de mais ou menos 50 quilos. Seu índice de massa corpórea I.M.C. actual é 16, ou seja, está abaixo do peso.
 
O seu caso tem que ser visto, primeiramente, por um médico endocrinologista para ter a certeza que não há nada errado em termos físicos.
 
Se a parte física estiver normal procure uma psicoterapia para poder tratar a sua ansiedade e o seu nervosismo, que provavelmente tem um fundo psicossomático.
 
Entretanto pode começar a fazer uma dieta hipercalórica e musculação. Por exemplo. Se você costuma consumir 1500 calorias/dia, é óbvio que você terá que comer mais do que isso para engordar. Em primeiro lugar, privilegie as proteínas em seguida os carboidratos e em seguida as gorduras vegetais.
 
Não abra mão de proteínas (carne, ovos, leite e queijo) em suas refeições, porque elas serão as responsáveis pelo aumento de músculos (massa magra). Além disso, proteína é calórica, porque muitos aminoácidos são calóricos. Cerca de dezesseis são transformados em energia.
A musculação é a melhor maneira de aumentar o tamanho de pernas e braços. Não há maneira de engordar pernas e braços através da alimentação. Por isso, é importante exercitar-se para definir o corpo.
Procure ajuda do quanto antes para que os sintomas não se agravem.
Fique bem
Mariagrazia

 
Publicado por Mariagrazia às 15:25
Link do post | Comentar | Favorito
15 comentários:
De Rafael a 3 de Setembro de 2008 às 18:05
Chê estava lendo o que você escreveu e me interesse a responder. Não sou formado em nada relacionado a nutrição ou medicina, no entanto disponho da mesma dificuladade que você.
Pois bem, eu tenho 1,80 e já pesei 59 kg. Era extremamente magro e não adiantava comer que não engordava. Contudo hoje, estou com 75kg e quase na minha meta de 80kg até dezembro . Bom, incialmente cabe dizer que tudo é questão de hábito alimentar. Não adianta comer muito. Tem que comer em horários regulados e bem. Só musculação não vai resolver, se tu malhares e não educar sua alimentação vai acabar queimando mais a massa muscular que ter ganhos.
O que eu fiz foi o seguinte:
Passei a regular minha alimentação
Café da manhã: pão, café com elite, manteiga e requeijão, ou presunto e queijo e quando possível frutas.
Almoço: procuro comer sempre massas, carnes, arroz, feijão, saladas e frutas e pode acreditar como mesmo...não me envergonho com piadas do tipo prato de estivador.
Janta: como a maior parte das pessoas costumo jantar apenas após a faculdade ou academia, isso lá pelas 10:00 da noite então tomo um café e frito uns dois ou três ovos e pão.
Faço musculação há cerca de 1 ano e meio e os resultados não foram rápidos. Para chegar aos 70kg foram 1 ano de treino sério. Todos os dias após as 18:00. bebendo muita água durante os treinos. Hoje, digamos mais maduro nos treinos, uso também dois suplementos alimentares da Próbiotica : animal pack e whey protein . O animal pack tomo antes de treinar , procurando comer algo meia hora antes de toma-lo conforme indicam os especialistas e o whey protein após os treinos para recuperação das fibras musculares e só.
Então o que quero dizer é que você deve regular sua alimentação e se vai treinar, que seja a sério. Suplementos ajudam , mas como digo é apenas um extra não deve ser tratado como fonte de resultados. Cabe levar em consideração que você deve tomar no máximo por um período que não exceda 3 meses e fazer a pausa de 3 a seis meses após. Pois o organismo pode acabar por não produzir mais certas enzimas necessárias pois esta recebendo extras com suplementos. Por isso usa-se por período curto e pausa-se o uso por períodos longos.
No mais boa sorte, e bora comer muito !
De miriam a 14 de Abril de 2009 às 22:34
ola. bem, li o seu post e quero apenas dizer que o compreendo perfeitamente. Sou mulher e tenho esse problema, sou bastante magra, e como imenso, também fico nervosa e ansiosa com coisas que mais tarde me parecem ter sido insignificantes.

Vou entao dar-lhe o meu conselho, não sei se ainda vou a tempo visto q o post ja é antigo mas pelo sim pelo nao cá vai.

Tenho agido duma maneira q me fez engordar 3 quilos e tal nos ultimos 3meses:
- Tomo sempre uma taça mesmo cheia de cereais com leite ao pequeno almoço.
- Como a meio da manha
- Almoço SEMPRE sopa, segundo, salada e sobremesa
- lanchar sandes grandes com salada e sumos
- Jantar como o almoço
- Comer sandes ou bolachas com 1chá antes de jantar.

Tudo isto é acompanhado de umas idas à natação, e da forte tentativa de tentar mander a calma.
Sempre que estou prestes a enervar-me penso que nao vale a pena, e penso q tenho q tratar de mim!

FAÇA ISSO! VAI SENTIR-SE MUITO MELHOR!
BOA SORTE!!!
De miriam a 14 de Abril de 2009 às 22:36
enganei-me aí! as sandes e bolachas com o chá sao depois de jantar!! mais precisamente ao deitar!

tente! e seja persistente! ao fim de alguns meses vai notar!
+ UMA VEZ BOA SORTE! E APRENDA A GOSTAR DE SI! É ESSE O 1º PASSO!
De Dic a 19 de Julho de 2011 às 06:32
É realmente preocupante pessoal ver teu peso descer dum jeito, tambm to sofrend com isso, alguem me ajuda?
De suzy a 7 de Abril de 2012 às 01:53
por favor presiso realmente de ajuda peso 46 kilos e tenho 1,79 de altura nao consigo engordar sou muito nervosa e ansiosa alem disso tenho hiperodria sofro muito pois na rua as pessoas ficam me olhando pois sou muito magra ja tentei bastante coisas sem nem um resultado tambem ja fui em medicos mas nada adiantou presiso muito de ajuda quem poder me ajudar serei muito grata obrigada.
De Drica a 5 de Julho de 2012 às 20:14
Oi Suzy! Sei mais ou menos o que vc passa, já tive 36kg com 1,58 de altura, isso é realmente muito ruim, rs... hoje peso 41kg, não é o ideal, mas é um começo. Sempre fui muito magrinha, teve um tempo em que fiquei pior, aí procurei um Nutricionista, aí foi pior, eu tentava comer o que a médica recomendava, só que não conseguia pq era coisa pacas, daí toda vez que chegava perto da consulta eu ficava doente e emagrecia mais, até que a médica me disse pra procurar um psicologo, que meu problema era mais emocional... fiquei meio chateada e não voltei mais lá... o tempo passou e continuei magrinha... uma coisa que fui notando é que por conta da vida corrida não dava prioridade à comida, ou seja, tudo era mais importante que comer, até que eu tive uma crise de esofagite, descobri que tenho refluxo noturno, que é agravado por comer muito tarde e dormir em seguida... aí tive que me reeducar, comer de 3 em 3 horas, nunca deixar sentir fome pq da fome pra dor de estomago é um pulo, então foi o que fiz, levo pro trabalho duas ou tres frutas, biscoito, e algum doce ou chocolate, tomo cafe da manha, pão e café com leite, entre o café e o almoço como uma banana, almoço, normal, sem forçar comer um monte, como muita verdura e pouca fritura, por causa do estomago, as 15hs como um biscoito, as 18hs um sanduiche sem beber nada, só bebo bem depois, até chegar em casa as 23hs já comi um pouco de biscoito, doce e as outras frutas, chego em casa janto, depois faço as outras coisas e durmo, não deixo de comer pra fazer nada, absolutamente nada, pra vc ter ideia, fiz uma viagem e ao sair do hotel passava num mercado, comprava frutas e comia de 2 em 2 horas ou de 3 em 3 horas, não deixo mesmo sentir fome, mesmo que eu não esteja com vontade de comer forço um pouco, vou conversando com as pessoas e comendo. Se vc não relaxar e desencanar, sair da "obrigação" de engordar, fica dificil, pq vc pilha mais, fica mais ansiosa e isso é ruim, hj faço academia tb, só não forço muito pra não perder peso, então pego leve, e não tenho vergonha, levo uma maça, enquanto faço bicicleta vou comendo, qdo vou embora vou comendo uma barrinha de chocolate, e deixa as pessoas te olharem, elas olham não por vc ser magra demais, mas pq elas queriam ser assim como vc, magra!!!
Bjs e boa sorte!
De nane a 26 de Maio de 2012 às 17:16
sei que é dificil, eu tambem passo por uma situaçao parecida, tenho 1,60 e peso 46 quilos, sofro muito com isso, mas agora eu vou no endocrinologista e vou fazer de tudo para engordar
De c. a 28 de Junho de 2012 às 20:42
é possivel uma pessoa que coma como uma pessoa com peso normal ou ate melhor apresente um estado de subnutriçao?
De c. a 28 de Junho de 2012 às 20:43
nao é subnutriçao.estado de magreza*
De Mariagrazia a 2 de Julho de 2012 às 19:05
Sim, é possível um estado de magreza quando alguma coisa está a funcionar mal ou quando há alguma doença de metabolismo.

Para tal procure seu médico para um chekup.
De marina a 10 de Agosto de 2012 às 05:26
Achei beem legal.. Também sofro situaçoes desse tipo...
De ADRIANA a 10 de Outubro de 2012 às 20:48
Bem eu tenho 26 anos e acho que estou abaixo do peso .Eu pesava a 1 ano 62kg, nesse periodo casei pela segunda vez e comecei a emagracer muito hj peso 51 e tenho 1.70 de altura estou usando calças 36 isso quando serve por causa da altura .... Fiz exames esses dias pois estava preocupada mas não deu nd td normal...estou fazendo por conta proprio algo para adiquirir peso tomo tds os dias leite no minino 2 copos por dia com neston...mas ainda faço muitas caminhadas por isso acho ke vai demorar para eu engordar....rsrsrs mas sou paciente espero....

Comentar post

Drª Mariagrazia Marini Luwisch
Psicóloga - Psicoterapeuta

Licenciada em Psicologia Clínica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil.
Equivalência, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa.
Membro Sociedade Portuguesa de Psicoterapias Breves.
Membro Efectivo da Ordem dos Psicólogos nº 8372

Consultório:
Av. Luís Bivar 93, 6ºandar E
1050-143 LISBOA
Marcação de consultas:
213 146 274
914 749 474
ou
por email: E-mail

| Site Oficial

email:mariagrazia@sapo.pt

Parcerias e Acordos

ADSE
ADM
SABSEG
AXA
Cruz Vermelha Portuguesa

Visitas Online

Pesquisar

Perguntas recentes

Culpa e arrependimento

Agir com a amada

Alcoolismo

Luto da filha

Violência doméstica sexua...

Solidão

Sogra possessiva

Divórcio e novo amor

Medo de comer

Nova experiência

Temas

relacionamento

depressão

traição

amor

medo

sexo

ansiedade

separação

ciúme

adolescente

casamento

psicologia

mãe

namoro

auto-estima

filho

infidelidade

sexualidade

trabalho

desejo

todas as tags

Artigos

Psicologia
Testes
Saúde
Exercícios
Dicas
Pensamentos

Citação do dia

Tradutor

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish
Translator Widget by Dicas Blogger

Arquivo

blogs SAPO