Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformações com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações relacionadas com o seu bem-estar. Encontre o equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia para favorecer seu crescimento psicológico.

Consultório de Psicologia

Espaço de transformações com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações relacionadas com o seu bem-estar. Encontre o equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia para favorecer seu crescimento psicológico.

Traição no casamento

 

Olá, conheci o seu site e achei muito interessante, e vi muitas indagações, e suas respostas também, e gostaria de enviar a minha queixa.

 

No meu casamento nunca deixou de existir o apetite sexual um pelo outro, mas ao passar dos anos descobri que meu esposo me traiu com minha irmã, fiquei arrasada, não conseguia perdoar, chorava todos os dias, pois eu o odiava muito, tinha nojo dele, mas pelo meu envolvimento cristão, fui aconselhada pelo meu pastor, a perdoar, mas eu não conseguia, lembrava a cada instante, da situação.

Nisso, me afastei dele por, alguns meses, e descobri outra pessoa, e senti o desejo de me vingar, e me vinguei, mas desde então, reconheci o meu erro, consegui perdoar, pois havia me vingado de certa forma, e voltei a dar a chance que ele almejava tanto, porém desde este dia nunca mais consegui fazer amor com ele, quando ele me toca sinto um homem estranho me tocando, não sinto nada e mesmo assim me esforço me entregando mesmo sem excitação nenhuma, choro muito, porque me sinto um lixo, sem ele ver é claro finjo que nada acontece, mas no meu coração eu sofro muito, pois faço sexo contra a minha vontade, sinto pena dele, pois ele mudou muito, tenta me agradar de todas as formas, mas parece que para mim nada faz sentido. o que devo fazer?

 

Tenho dó de me desfazer de um relacionamento de 20 anos.


Cara amiga,

A sua é uma situação difícil. Ainda se sente muito zangada com o seu marido e assim não consegue sentir desejo sexual e nem vontade de ser tocada.

 

O melhor é dar tempo ao tempo para as coisas se acalmarem e poder conseguir perdoar mesmo.

Não se sinta um lixo e nem se sinta culpada. Infidelidades acontecem mas com paciência e fé vai conseguir recuperar a confiança nele e em si.

 

Cabe a nós reinventarmos a nós próprios e a nossa relação dia após dia e procurar crescermos com as experiências, mesmo as mais dolorosas.

 

Fique bem

Mariagrazia



140 comentários

Comentar post

Pág. 1/7