Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Confusa

Amedeo Modigliani

 

 

Tenho 25 anos e namoro há 2 anos com um rapaz 2 anos mais novo. A nossa relação começou de uma pequena amizade que já existia há 3 anos.

 

O namoro correu normalmente até há uns meses. O interesse sexual diminui bastante e fazer amor é raro e da minha parte é como se fosse obrigatório. Já falámos várias vezes sobre o assunto mas nenhum de nós arranjar solução para isso.

 

Entretanto começamos a pensar ir morar juntos e iniciar uma vida em conjunto para podermos vir a casar, o que parece ter dificultado ainda mais as coisas porque temos discutido bastante e discordado muito um do outro. Nós não conseguimos estar um sem o outro, mas sinto que somos mais amigos do que namorados. Entretanto à uma semana que tenho sonhos variados com outro rapaz meu amigo, sonho que tenho uma relação secreta com ele, mesmo namorando com o meu namorado, são sonhos não só de cariz sexual, mas também de cariz afectivo.

 

Não sei o que se passa. Estou confusa no que sinto pelo meu namorado e pelo meu amigo. Será que isto será uma fase? Como devo lidar com estes sentimentos? Estou muito confusa preciso de um conselho profissional.

 

Obrigada pela atenção

 

 


Se gosta do seu namorado, não se impressione pelo facto de sonhar com outro, não significa nada.

 

A confusão que sente é devida a uma fase de insegurança e como tal  vai passar.

É muito comum antes de decisões importantes, haver discussões e momentos de crise. Pode ser que o pensamento de morarem juntos esteja a trazer dúvidas e irritações que se traduzem em discussões. E com isso também a parte sexual da relação encontra-se prejudicada.

 

Fale com seu namorado, mantenham sempre o diálogo aberto e verá que com calma e paciência vai se sentir mais segura. O importante é não se desesperar e agir com calma e serenidade.

 

Um abraço

Mariagrazia