Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformações com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações relacionadas com o seu bem-estar. Encontre o seu equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia para favorecer seu crescimento psicoló

Consultório de Psicologia

Espaço de transformações com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações relacionadas com o seu bem-estar. Encontre o seu equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia para favorecer seu crescimento psicoló

Sem vontade de sexo

 

Boa tarde Drª,
 
É possível perde-se o desejo sexual assim do nada?
 
Tenho 38 anos
Sou saudável
Peso normal,
Casada
Filho com 4 anos
Empresária
Muito independente e rebelde
Boa qualidade de vida
etc etc
Desde que o meu filho nasceu, o meu desejo sexual foi diminuindo até que agora não sinto qualquer vontade de sexo!
Não sinto vontade mas também não quero sentir, sinto-me completa e sem necessidade se ser estimulada a esse nível.
O sexo passou a ser para mim um mero instinto básico, comportamento muito primário que não pretendo voltar a ter.
Espiritualmente sinto-me num patamar acima, vivo sem essa necessidade e sou feliz assim!
Gosto no entanto, do jogo da sedução! Gosto muito até, mas tudo que passe das marcas já não me interessa!
O meu marido, como deve calcular, é que não está lá muito pelos ajustes coitado! Não consegue perceber o que me aconteceu!
Será que o meu filho me preenche de tal maneira que não preciso de mais nada?...Tenho as minhas dúvidas que a razão seja essa ou só essa...
De todas as formas gostaria muito de ter a opinião de um especialista, não um diagnóstico, uma opinião baseada na sua experiência e nos elementos que aqui deixo.
 
 
Abraço,
 
C.

 


Cara C.,
 
Um filho não pode e nem deve preencher uma mulher em todos os níveis mas somente como mãe.
Se gosta do jogo de sedução, significa que o desejo está em si e o que falta é motivação e descontracção para ir adiante.
Será que não está muito stressada, cansada com muita preocupação do dia a dia?
Procure privilegiar a vida á dois com o seu companheiro, pense em sexo, prepare algumas surpresas agradáveis e lembre-se que o seu filho, vai ser para ser independente um dia e ter a sua vida e o seu companheiro vai continuar consigo.
 
Leia também em:
 
 
 
Um abraço
Mariagrazia


 

1 comentário

Comentar post