Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Adolescente confusa

 

klimt31.jpg

 

Boa tarde,

 

eu chamo-me Beatriz e tenho 13 anos. Os últimos 6 meses para mim têm sido ultra confusos pois o meu pai traiu a minha e, ouve muita instabilidade em casa, a minha mãe que ia fazer provas do doutoramento e título de especialista chumbou e tem sido o caos na minha cabeça! Nunca vi a minha família como uma família não unida e faz ma muita impressão quando penso que e o que pode vir a ser... A minha cabeça todos os dias vive numa ansiedade estrema (antigamente tive ataques de pânico, ansiedade, tentações...etc), e tenho medo (pois sou uma pessoa que considero inteligente e racionalista) que a minha cabeça simplesmente deixe de ser como era dantes e isso assusta-me!

 

Já não consigo receber mais informação sobre matéria escolar, não tenho energia para estudar, e se estudo não me fica nada! Tenho muitas brancas e não me lembro de certas palavras ou como me expressar com tanta confusão que vai na minha cabeça! Espero que me ajude, e me diga que nada vai acontecer a minha cabeça...hah

 

Obrigada por toda a atenção e ajuda! Beijinho grande

 

Cara Beatriz,

A adolescência é um período de intensas atividades e transformações na vida mental da pessoa, o que, por si só, leva a diversas manifestações de comportamento que podem ser interpretadas por leigos como sendo doença. Há uma distonia entre o corpo e aspiração que pode desencadear sérias dificuldades de adaptação, uma baixa autoestima, uma falta de aceitação pessoal, resultando em problemas depressivos entre outros transtornos.

 

Os conflitos tendem a agravar-se muitíssimo mais se o jovem estiver inserido numa família que também está em crise. Assim sendo, muitas das manifestações ditas normais da adolescência podem confundir-se com doenças mentais ou comportamentos inadequados.

 

O primeiro passo é procurar a experiência de um profissional capacitado para diagnóstico, aconselhamento, tratamento e ajuda. Fala com teus pais e conta o que estás a sentir e se continuares assim é preciso ajuda especializada. Entretanto essa pode ser uma fase passageira devida ao stress gerado pelos recentes acontecimentos familiares. Procura não te envolveres e concentra-te nos teus estudos e afazeres.

 

Beijinhos e fica bem