Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Filho de 17 anos

miró9.jpg

 

Boa tarde doutora

Tenho um filho de 17 anos, bom menino e muito trabalhador e assim sempre conseguiu bons resultados na escola. Neste momento, sinto-me muito "em baixo", desmotivado, porque apesar de trabalhar muito não está a conseguir bons resultados. Há pouco, recebi uma mensagem dele a dizer-me que o teste correu muito mal, que está farto, que não consegue fazer nada... Fiquei muito preocupada e só lhe respondi: "quero que saibas que te adoro e estou contigo".

Também no futebol, que joga desde os 7 anos cheio de " garra", está desmotivado e nem quer ir aos treinos.

Sei perfeitamente que existem milhões de casos mais graves que o meu, mas estou preocupada, vejo meu filho que sempre foi tão alegre, triste e desmotivado para tudo.

Se me poder dar uns concelhos para o ajudar, agradeço...

Obrigada

 

Cara mãe,

Nessa fase é comum haver períodos de desmotivação, seja por stress no estudo, seja por baixa autoestima ou desvalorização entre colegas. O que pode fazer é motivá-lo, fale com ele que é preciso ter paciência que vai passar, que se não correu bem o teste pode aumentar o empenho, estudar mais etc.

Procure também motivá-lo para o desporto, que pode ajudar a descontrair e a relaxar.

O que funciona é suporte afetivo e apoio. Diga-lhe que sabe como esse pode ser um tempo difícil, quando tem que aprender a viver, a sobreviver e a competir com o mundo lá fora.

 

No entanto se essa fase continuar pode sugerir que ele procure ajuda psicológica para poder falar sobre seus medos e inseguranças, melhorar o seu autoconhecimento e se preparar para o futuro.

 

Tudo de bom