Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Orgasmo

 

Boa tarde Drª!

Tenho um pequeno problema,  que é o seguinte:

Estou preocupada porque nunca atingi o orgasmo, nem sei quais são as sensações que isso dá, eu há dois anos atrás mais ou menos tive uma depressão, será que o meu problema está relacionado com isso.

E também tem mais ou menos 1 ano que deixei de ser virgem, será que devo ir ao médico? Existe algum medicamento que eu possa tomar, que me possa ajudar? Preciso resolver isto rápido senão perco o namorado!

Ficaria agradecida se a Srª Drª me pudesse ajudar. Fico a aguardar a sua resposta.

 

Cara amiga,
Não me parece que esteja relacionado com a depressão que teve no passado.

 

O primeiro passo é não se preocupar em demasia. A maioria das mulheres não atinge o orgasmo durante o acto sexual, mas conseguem atingi-lo através da masturbação, por auto-estimulação.  Você faz isso? Consegue?

 

Provavelmente você pensa que deve atingir o orgasmo junto com o seu parceiro, o que é muito difícil e pouco provável.  Procure conhecer primeiramente bem o seu corpo e mostre ao seu parceiro quais as zonas onde sente maior prazer, mostre a maneira como se excita e onde e quais partes do seu corpo é que gosta de ser acariciada e assim por diante.

Tranquilamente, sem ansiedade e  preocupação de perder o namorado, se ele gostar de si não o perderá.

 

Quanto ao ir ao médico, sempre convém fazer uma visita ao ginecologista, embora não seja necessária.

 

Deixe a sua natureza fluir com naturalidade e verá que se abrirá um imenso espaço novo para si e para o seu companheiro.

 

Um abraço

Mariagrazia