Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Afastar o amor

 

 

 

 

Oi Maria,

 

Vi seu site na web e eu tenho uma questão:

 

Cresci num ambiente onde meus pais nunca deram carinho para mim e minhas irmãs e hoje me vejo em relacionamentos que não valorizo o amor que quando me cerca eu fujo. Estaria isso relacionado ao fato de eu não ter tido carinho de meus pais e  pelo fato de os dois em momentos diferentes terem me expulsado de casa e aos 18 anos não tive com quem contar mais além dos meus amigos.

 

Eu consigo enxergar hoje perfeitamente  o valor que eu dou aos meus amigos mais do que aos meus relacionamentos amorosos. Parece que quando me aparece o homem perfeito pra mim eu faço de tudo para expulsá-lo da minha vida. Eu tenho plena consciência do que faço, mas é involuntário.

 

Grata,

F.

Sim, esse trauma, derivado do ambiente hostil que teve em casa, pode fazer com que não confie nas pessoas que estão mais próximas de si afectivamente.

O ponto positivo é que tem consciência disso, o que a ajuda a superar.

 

Precisa resolver o sentimento de se sentir “ abandonada” pelos pais e o medo de ser abandonada pelas pessoas que ama.

 

Vai precisar primeiramente “resgatar” o amor de seus pais para se sentir livre e pronta para deixar o amor entrar plenamente na sua vida.

 

Tudo de bom

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.