Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Término de uma relação

Gostaria de saber como lidar com o fim de um relacionamento de 7 anos. Após a separação eu fiquei muito mal, perdi uma pessoa a qual tinha e ainda tenho um amor fora do comum. Isso tem-me afetado tanto, pois já se passaram 6 meses e eu não consigo aceitar a separação. Isso tem afetado muito a minha vida, eu às vezes desejo voltar, mas todas as vezes que o procurei fui tratada muito mal.

Cara Leitora,

Lidar com o fim dum relacionamento é muito difícil. Foque em si, na sua vida profissional e em descobrir novos interesses. Evite se encontrar com essa pessoa. É normal sentir-se mal após um termino, mas com tempo e autocuidado, irá superar essa fase. Considere uma psicoterapia para ajudar no seu processo de cura,

Preconceito e sexualidade

129.jpgOlá,

eu estou com uma dúvida que está martelando na minha mente há semanas e já não sei mais o que fazer, então eu estou aqui para tentar me ajudar.

Desde pequeno eu pensava que era hétero, até chegar minha adolescência (tenho 18) eu fui descobrindo mais esse lance de sexualidade, sexo, prazer e etc...

Já cheguei a me apaixonar por pessoas do sexo oposto. ficar, e tals.... Mas eu sempre tive uma certa curiosidade com o sexo o oposto, nunca me considerei uma pessoa difícil para experimentar novas coisas, aí eu fiquei com um menino e comecei a me questionar e me perguntar o que eu sou ou por que eu gostei de tal coisa... (isso quando eu tinha 14/15 anos ainda).

Depois que eu cheguei nos meus 15/16 anos eu me assumi bissexual, desde então eu já fiquei com alguns meninos e muitas meninas, só que a partir dos meus 16/17 eu comecei a sentir mais vontade ou desejo (interprete da forma que preferir) por meninos.

Aí me veio o pensamento "Será que sou gay e pensei que eu era bi por causa que eu não queria/quero ser gay? Será que durante todo esse tempo eu mesmo me enganei e falei que eu era bi para ser 'aceito' por mim e pela sociedade mais fácil?"

Eu realmente não sei. não sei se sou bi, não sei se sou gay, mas eu sei que eu estou muito confuso e pensativo em relação a minha sexualidade.

Será que eu estou com homofobia internalizada?

Caro leitor,

A sexualidade é uma parte pessoal importante. Não existe uma sexualidade “certa” e uma “errada”, existe uma sexualidade que faz sentido para cada pessoa. A sexualidade pode mudar ao longo do tempo. Descobrir e viver a sexualidade, além de importante para a saúde física e psicológica, também pode ser libertador, excitante e uma experiência positiva.

Não deixe que o preconceito e a discriminação dificultem o seu processo de identificação sexual. Viva a sua sexualidade com naturalidade e inteligência, pois a ignorância destrói e é o epicentro de qualquer discriminação.