Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Mentirosa compulsiva

Boa tarde,
 
Não sei se esta é a forma mais correcta
para pedir um aconselhamento.
 
Tenho 29 anos e a minha parceira 30, estou a viver junto com ela 4 anos. Separei-me o mês passado pela seguinte razão.
 
A minha parceira tem um problema de
mentirosa compulsiva. Independentemente daquilo que nós sentimos um com o outro não foi possível ajuda-la sozinho.
 
As mentiras destruíram todo que
construímos. As mentiras foram diversas e muitas das vezes não consigo perceber o porquê, provavelmente porque não têm explicação
 
As mentiras afectaram amigos, família e a nossa relação.
 
Alguns exemplos simples:
 
Mentir acerca daquilo que gasta
 
Mentir acerca da posição que ocupa na empresa e por consequente no vencimento
 
Dividas acumuladas porque prefere dizer que recebe 1000euros mas efectivamente recebe 500euros.
 
Consegue elaborar um cenário real para fazer querer que é verdade o que conta.
 
Mente sobre conversas que nunca se passaram, sendo que apenas se passam na sua cabeça. (neste caso conta-me conversas que teve com amigos mas que efectivamente nunca se passaram), etc.
 
Gosto imenso dela e quero ajuda-la, e quero vela a tornar-se uma mulher.
 
Ela tem muitas qualidades como muito atenciosa, carinhosa, não consegue separar a realidade da ficção.
 
Ela está disposta a receber ajuda.
 
Ela já recebeu alguma ajuda em tempos de uma terapeuta mas não resultou.
 
A minha pergunta é:
 
Onde posso arranjar este tipo de tratamento especifico na cidade do porto
 
Será que é possível que o psicólogo ou psiquiatra consiga perceber este problema e não será levado na conversa.
 
Cumprimentos
 
S.

Caro S.

 

Na opinião de psicólogos, o mentiroso compulsivo — que reinventa os acontecimentos o tempo todo — ou aqueles que adulteram dados, suprimem informações ou colocam em risco a integridade dos outros devem ser tratados por profissional especializado. Muitas vezes, nesses casos, ao hábito da mentira se aliam outros traços, como a frieza, o desrespeito e a agressividade.

 

O bom senso diz que o melhor meio de chegar à verdade é, ainda, o exemplo e a conversa franca.

 

Fale com a sua parceira para que ela procure ajuda para poder superar esse problema que só a prejudica em termos de auto-estima e de relacionamento.

 

Fique bem

Mariagrazia



9 comentários

Comentar post