Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Mudar marido

 

Boa Noite gostaria que me desse a sua opinião.
 
Estamos casados há 13 anos sempre lhe tentei explicar a minha vida em relação ao meu pai desde pequena eu e as minhas irmãs ouvimos da boca do meu pai as mulheres só servem para utilizá-las e deitar fora.
 
Ele tem um pai que sempre se convenceu que era o homem mais lindo de Portugal e ainda hoje com 80 anos imaturo não medindo o que diz que faz sofrer a mãe com estes exemplos.
Não compreendo o porquê que o meu marido quando vai alguma festa, seja ela qual for, tem sempre que se agarrar; fazer o palhaço; dar nas vistas chamar sempre atenção do sexo feminino
 
Depois não admite ouvir que eu sofro de o ver a dançar com as outras a desculpa dele são elas que me convidam é a pura mentira e o que me enerva nele não se responsabiliza pelos seus actos de é triste mas quem sofre com isto tudo é o nosso menino de 9 anos que nos vê sempre a discutir;
 
É só ele que fala não sei o que que ele quer esconder ou afirmar-se porque é uma pessoa que não sabe o que quer indeciso não muito aventureiro uma enorme falta de confiança nele distraído medo da opinião dos familiares ou conhecidos da aldeia dele;
 
Tem 37 anos tens dores como uma pessoa idosa de reumatismo não evoluiu nada gostava muito que ele evoluísse e que deixasse de ser adolescente mas já me disse que não mudava
 
 
QUE HEI_DE FAZER? Obrigada pela sua atenção

 Cara A.,
 
A maioria dos relacionamentos não dá certo porque um quer mudar o outro.
São 13 anos de casamento e se ele é assim, porque não o aceita assim como é?
 
Se você gosta dele, procure conversar com ele sobre os seus receios.
 
O importante é você ter confiança em si e não forçar a situação e quando se sentir usada ou posta de lado dialogue calmamente com ele, para que possa haver um ajuste favorável à relação.
 
Fique bem
Mariagrazia