Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Transtorno obsessivo compulsivo

Pablo Picasso

 

“Sinto medo de morrer e enlouquecer! sinto que nada vale a pena e medo de perder os sentidos e ferir ou matar alguém! sinto as vezes que eu não posso estar em meu corpo eu não sei explicar mas é isso / sei que sou portador do toc, como posso me curar disso, com um tratamento em casa!"
 
Tenho muito medo disso tudo peço orientação para me ajudar com isso!

O TOC é um transtorno de ansiedade caracterizado por pensamentos obsessivos. Estes pensamentos são ideias persistentes, impulsos ou imagens que ocorrem de forma invasiva na mente da pessoa, gerando muita ansiedade e angústia.
 
A pessoa portadora de TOC tenta ignorá-los ou eliminá-los através de acções que são intencionais e repetitivas. Geralmente reconhece que seu comportamento é excessivo ou que não há muita razão para fazê-lo.
 
As obsessões ou compulsões acarretam grande stress, consomem tempo (mais de uma hora por dia) ou interferem bastante na rotina normal, no trabalho ou nas actividades sociais e relacionamentos interpessoais.
 
Vai precisar aprender a controlar sua ansiedade. Uma das maneiras de diminuir e controlar uma crise de ansiedade é a técnica de respiração. Ao sentirmos ansiedade, normalmente respiramos de forma rápida e descontrolada. Isto afecta o organismo e causa sintomas de ansiedade como formigueiros, tontura, contracção da musculatura, agravando o quadro ansioso. A respiração correcta corrige esse desequilíbrio e impede que a crise progrida.
 
INSTRUCÕES:
 
1. Respire devagar e pausadamente. Comece com uma inspiração suave, contando até três.
 
2. Solte agora o ar, devagar, contando até três.
 
3. Ao respirar, tente fazer com que sua barriga cresça ao inspirar e encolha ao soltar o ar.
 
4. Treine essa respiração em casa e encontre seu ritmo.
 
5. Aplique essa técnica toda vez que começar a sentir ansiedade
 
De qualquer maneira o melhor é procurar ajuda de uma psicóloga para fazer uma psicoterapia que o ajude a superar seus medos e resolver seus conflitos emocionais.
Confie em si próprio e procure ajuda o quanto antes para que seus sintomas não se agravem e para ultrapassar o sofrimento.
 
Tudo de bom
 Mariagrazia 


 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.