Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Excesso de desejo sexual

Paula Rego

Tenho 45 anos e há dois meses que ando com uma pessoa, com quem sinto a mais perfeita sintonia. Estamos muito apaixonados e damo-nos bem. Tive uma relação muito longa e outra mais breve, antes.
 
Acontece que o meu desejo sexual é muito intenso e perturba-me. Fazemos amor sempre que podemos, 3/4 vezes por semana, mas isso parece não me chegar, acordo de manhã sempre com a libido muito excitada e ele não quer que eu me masturbe, para desfrutar em pleno. Como quando era mais jovem não sentia tanto desejo sexual, acho estranho este apetite agora. Será que há alguma disfuncionalidade ou isto é normal? Devo procurar apoio? Ele não se queixa nada e gosta que eu seja assim, mas eu começo a ficar perturbada.
 
Com os melhores cumprimentos,
M.

 


Cara M.,

 

O desejo sexual é determinado por muitos factores incluindo afecto, educação, qualidade e quantidade de estímulos, etc. O aumento da libido também pode estar relacionado com os níveis sanguíneos de testosterona livre em mulheres.

 

Se considera que o seu desejo sexual a perturba, pode procurar a orientação de um endocrinologista, mas pelo que refere penso que isso não seja muito problemático e no meu entender é melhor deixar assim como está e aproveitar a sua sexualidade em toda a plenitude.

 

Felicidades

Mariagrazia



60 comentários

Comentar post

Pág. 1/4