Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Pensamentos auto-destrutivos

 

Pablo Picasso

 

Olá
Vi um site seu na net e achei que devia contactá-la.
Eu sei que isto pode parecer estúpido, mas eu só preciso de um conselho.
Já não sei o que fazer...já não me reconheço. Tenho 19 anos e só estou à espera que a minha vida acabe.


Não consigo desabafar com ninguém, odeio isso! Não consigo estar frente a frente com alguém e contar o que me vai na cabeça.
Toda a minha vida vivi num inferno, não se como me aguentei até agora, mas neste momento não consigo mais.
Só penso em morrer, e não posso contar a ninguém porque chamam-me doida!
mas não percebo, acho que a minha vida melhorou, mas não consigo esquecer tudo o que passei e cada vez que me lembro dá-me vontade de gritar, chorar, explodir, morrer, sei lá.


Só sei que não consigo continuar assim por muito mais tempo. Enervo-me com tudo, chego ao ponto de ter medo de mim própria.
Descontrolo-me e não sei do que possa ser capaz de fazer.
Sinto-me tão mal...

 
Agora sei que preciso de ajuda mas não consigo. Não consigo falar a ninguém conhecido.
Não quero ir ao médico, não faz sentido fazê-lo, porque afinal não é como partir uma perna.
Só me apetece chorar, passo a vida a mandar cabeçadas nas paredes e murros, não me parece que isto seja normal.
Não consigo aceitar ajuda, o que se passa comigo? Estou assim há muito tempo mas agora piorou e não consigo aguentar mais.
Eu sei que não me pode dizer muito mas talvez me saiba dizer algo que eu nao saiba.
Se tiver algo que me queira dizer...agradeço.
obrigada

 

Viva,

 

Acontece que está com pensamentos auto-destrutivos, talvez como forma de esquecer ou se redimir dos seus incompreensíveis distúrbios psicológicos. Para poder melhorar precisa se tratar e procurar ajuda de uma psicoterapia para se compreender melhor e perceber a origem do seu sofrimento. Confie em si e procure ajuda e vai ver como vai conseguir melhorar a sua auto-estima, a sua segurança e consequentemente a sua vontade de viver e gostar de si.

O ser humano é muito flexível e capaz de se recuperar de todos os males e com a sua jovem idade, com determinação e bons propósitos vai certamente conseguir.

 

De qualquer maneira precisa confiar em si própria. Enfrente as suas dificuldades e lembre-se que a possibilidade de mudança está em si.

 

Tudo de bom

Mariagrazia

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 06.07.2020 16:39

    Estou a passar pelo momento mais negro da minha vida desde setembro de 2019 e nem no meu pequeno filho consigo encontrar o consolo e a força para continuar. Estou cansado, não suporto mais. Não quero desistir mas a cada dia que passa a dor torna-se maior e tenho sonhos horríveis. Perdi a minha família, a minha casa, o meu trabalho e agora esta pandemia está a levar a pouco e pouco o que sobra.
    Obrigado por me dar a conhecer esta frase tão bonita.
    Não sou crente mas sempre quis ser pai desde menino, por isso irei reler todos os dias para que o meu filho não perca o pai.
    Obrigado
  • Imagem de perfil

    Mariagrazia 08.07.2020 22:01

    Caro leitor,
    pode ser que essa seja apenas uma fase menos boa na sua vida. São muitas perdas, mas a vida dá muitas voltas. Continue com muita força, coragem, perseverança, paciência, e resiliência e vai ver que vai reconstruir e restruturar a sua vida. Escolha viver, junto com seu filho!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.