Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Medo de ir à escola

19.jpg

Olá,

tenho 16 anos e gostaria de pedir ajuda, eu tenho medo de ir para escola, desde o sétimo ano que comecei a faltar. Ano passado parei de ir pra escola na metade do ano, por sofrer bullying, na verdade acho que eram apenas brincadeirinhas, mas eu sempre fui sensível, e acho que também usei de desculpa para não ir mais para a escola, eu muitas vezes ia e tinha que voltar para casa por estar passando mal, falta de ar, dor de cabeça...

E esse ano inteiro só fui três vezes, tenho que voltar duas para casa por começar a ter crises e chorar. Para piorar uma das professoras tirou sarro da minha cara por saber que eu passo por tratamento psicológico e psiquiátrico. Agora minha mãe conseguiu uma vaga em outra escola, eu não quero ir, eu tenho medo, só não sei de que, mas eu sei que não é nervosismo normal. Eu iria agradecer se pudesse ajudar-me.

 

Obrigada.

 

Cara adolescente,

A recusa em ir à escola é um problema que atinge muitas crianças e adolescentes em idade escolar. A pessoa sente-se ansiosa, assustada, e por vezes até mesmo em pânico perante a necessidade de ir para a escola.

 

Este medo e preocupação intensa podem causar dificuldades em dormir e ter pesadelos, assim como apresentar sintomas físicos como por ex. dores de barriga ou de cabeça, perda de apetite, vómitos ou febre.

 

Quando a situação de absentismo às aulas se prolonga há progressivamente uma maior dificuldade em regressar à escola. É comum instalar-se uma situação de atraso ou insucesso escolar e, progressivamente, um distanciamento dos colegas e amigos e isolamento do convívio.

 

A estas dificuldades graves no funcionamento educacional e social, associa-se ainda o maior risco para desenvolver-se uma Perturbação de Ansiedade caso não se intervenha atempadamente sobre as suas dificuldades.

Quando há fatores que contribuam para o problema é preciso encontrar uma solução para os mesmos ou procurar a ajuda profissional de um Psicólogo.

De qualquer maneira tens que ir à escola para não aumentar o problema. Enfrentar a situação pode ser a melhor maneira de superar.

Também é importante falares com a tua mãe para ir à escola falar com o professor para perceber o que se passa, e como poderão ultrapassar o problema de bullying e ainda encontrar novas estratégias para lidar com o problema.

Convidar amigos da escola para vir à tua casa também é uma boa ideia e assim poderes partilhar conversas e interesses comuns.

Confia em ti e enfrenta os teus medos com assertividade e vais certamente conseguir superá-los.

Um abraço

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.