Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Casal a três

35.JPGEstamos juntos há 5 anos, 3 de namoro e 2 de casados, meu esposo é mais liberal tem a cabeça aberta como dizem hoje em dia, ele gosta de viver coisas novas, ele expressou a vontade de um trisal, comenta também de flertar com outras mulheres, ele fala isso como se fosse algo normal (não que não seja para alguns) mas pra mim não é, eu me sinto satisfeita com ele, o desejo, flerto com ele, tudo com ele, sou tipo de mulher que não consigo nem admirar a beleza de outras homens talvez o meu modo de amar seja tão forte e sólido que veta outros sentidos de convivência que talvez sejam normais.

Enfim, vivemos este dilema, tudo que no momento ele tem vontade eu não consigo gostar e até me dói pensar no acontecido, iremos partir para a terapia de casal, ele comentou que talvez possamos chegar ao meio termo mas em meio tudo que já conversamos não consigo abrir minha cabeça como a maioria das pessoas, eu sou monogâmica e acho uma total falta de importância e coerência colocar o relacionamento neste risco, eu gostaria de ter uma comentário profissional sobre o meu caso, estou pensando seriamente em separar já que não estamos nos entendendo neste ponto talvez seja melhor que doa agora!

Cara Leitora,

Num relacionamento ninguém é perfeito e, embora assim possa parecer no início do casamento, várias características vão aparecendo para mostrar que é preciso ceder, adaptar-se e, principalmente, respeitar.

Se os traços de personalidade que vão surgindo com o tempo não violentam seus valores fundamentais, vale continuar a investir na relação. Mas quando surgem comportamentos inaceitáveis, como esse que diz que ofendem seus valores éticos e morais, penso que vai ser difícil lutar para transformar o desejo de seu marido. Entretanto sempre vale dialogar com ele para chegar num acordo e perceber se isso é mesmo importante para ele. Talvez seja hora de parar para refletir sobre o que exatamente espera de um relacionamento e se será possível viver feliz com o seu atual companheiro.

Se sentir que isso não é possível, a solução passa por uma separação.

Tudo de bom