Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Ciúme da ex-mulher

74.jpg

Boa noite

 Me chamo Carminho e tenho 27 anos. Um filho de 7 autista e meu marido o assumiu como pai aos 2 anos.

Meu marido tem 1 filho de 5 e ele e a ex sempre brigaram, mas ultimamente tem planejado até levar em consultas juntos.

Para mim nunca foi difícil criar meu filho. O autismo só realçou meu amor de mãe.  Eu só não quero meu marido junto dela. Tenho medo de ser a má e ela ser a boa.  Ela só infernizou esses anos todos. São 6 anos e agora, por causa do processo, está esse amor de pessoa.

Eu deveria achar isso bom, mas sinto ciúmes. Sinto-me péssima. Poderia me ajudar????

Cara Carminho,

É preciso substituir o ciúme por compreensão. É o filho dele e merece atenção do pai. Seu marido está consigo e não com a ex-mulher.

Quanto mais ciúme sentir pior será para a vossa relação. Procure ser compreensiva e colaboradora, Ele demonstra ser um pai presente e uma boa pessoa, também assumiu o seu filho como dele. Seja grata! 

Criar um filho com problemas, nem sempre é fácil e pode deixar a mãe mais sensível e vulnerável. Confie em si e no seu marido e com calma, paciência e muito amor, certamente será bem sucedida!

"A mente grata está constantemente fixada no melhor, portanto, tende a se tornar o melhor. "