Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Desgaste e traição

65.jpg

 

Estou sem direção...

Tenho 21 anos e ele 24 anos. Namoro desde meus 14 para 15 anos, estávamos 6 anos juntos. Perdi minha virgindade com meu namorado e estava com ele até essa semana, quando descobri que ele me traiu pela primeira vez. Nosso relacionamento já estava um pouco frio, ele reclamava que eu não dava mais atenção como antes para ele, dizia que se sentia sufocado por sermos muito possessivos um com o outro, nunca havíamos terminado. Nesses últimos meses tentamos terminar umas 3 para 4 vezes e não conseguimos por fraqueza talvez, amor... ou costume. Ele está muito mudado, como eu também. Eu o amo demais, ele diz que me ama muito e se arrepende pelo que fez. Diz que não mereço ele, que fui a melhor coisa que aconteceu na vida dele. Vamos lá....

Final de semana passado descobri vasculhando no celular dele que ele me traiu com uma garota de programa, chamou ela para ir na casa dele..

Porém, essa última semana depois do que ele fez eu percebi que ele estava diferente, se sentindo culpado, eu sabia que tinha alguma coisa errada. Então foi aí que decide vasculhar mais o celular dele onde encontrei o indício da traição. Sempre tive o costume de olhar o celular dele, nunca nos privamos disso. E então fiquei pressionando ele por uns três dias até ele me falar a verdade. Ele inventou bastantes histórias até que consegui arrancar a verdade. Eu sei o motivo que levou ele a fazer isso, eu realmente deixei a desejar, sei que foi por sexo, se não ele teria encontrado alguém e me trocado, não pagaria uma puta para isso. Pelo menos é o que eu penso e vejo no momento.  Porém eu não merecia que ele fosse tão sujo e baixo comigo, nunca fiz nada contra ele. Estou me sentindo péssima, terminei com ele, pedi um tempo para pensar. Sempre deixei bem claro que se isso acontecesse seria o fim do nosso relacionamento. Porém agora eu entendo que quando acontece com a gente é totalmente diferente.

Eu estou com muita raiva, mas ao mesmo tempo só quero que tudo volte ao normal e que sejamos felizes. Mas sei o quanto sou rancorosa, tenho medo de voltar e ficar um relacionamento muito pior do que já estava, pois está sendo muito difícil para mim confiar nele novamente. Estou tirando um tempo para pensar, mas realmente estou perdida.... Sempre vivi muito por ele e não houve reciprocidade. E hoje me encontro sozinha sem saber o que fazer. Gostaria muito de voltar com ele, mas não sei como lidar com isso. Amo muito ele, será que serei capaz de esquecer e recomeçar do zero?

Cara leitora,

Não sei se vai conseguir esquecer, mas poderá perdoar e se sentir que o seu relacionamento merece uma segunda possibilidade, não alimente a paranoia.

Por mais que a sua insegurança seja compreensível, não tente espioná-lo, sufocá-lo ou privá-lo de fazer as coisas que ele gosta. Num relacionamento cada um deve ter o seu espaço e a sua privacidade. Isso vale também para o vasculhar o celular.

A confiança vai levar tempo a ser reconstituída, mas quando existe amor, tudo pode ser recomposto.

O começar o namoro muito jovem e ainda deixar a desejar em relação ao sexo, podem ser fatores que contribuíram para que essa situação acontecesse.

Provavelmente a sua autoestima também vai sofrer um impacto, mas com a sua força e dedicação vai conseguir recuperar. Invista em si, em coisas que goste. Pratique atividades físicas, comece um curso ou faça leituras que agreguem positivamente em sua vida.

O importante é ocupar o corpo e a mente com pensamentos enriquecedores.

Caso sinta que não consegue superar o sucedido, procure ajuda especializada.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.