Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Mãe intrusiva

50.jpg

Olá Doutora.

Estou com o psicológico abalado pela separação dos meu pais, eles foram casados por 20 anos e em março deste ano meu pai saiu de casa pedindo a separação da minha mãe, desde então minha vida virou um caos ela só fala mal dele para mim e tudo que faço nunca esta bom, neste final de semana, foi aniversário do meu namorado e por mais que fiquemos juntos a ela, praticamente, todos o finais de semana, no aniversário dele decidimos almoçar com o pai e mãe dele e ela ficou chateada  zangada connosco por não a ter convidado, mas que culpa tenho eu? O aniversário era dele, não o meu!

Os dois dão-se bem, mas não entendo, ela me proíbe de ver meu pai, toda vez que falo que vou ver ele, ela dá um surto que me faz não ir, pois eu me sinto muito mal.

Não sei o que eu faço. Tudo tem que ser do jeito dela se eu deixar ela se mete até mesmo no meu namoro! Não foi nossa intenção deixa-la chateada mas tem momentos onde ele quer fazer as coisas com os pais dele também, pois ficamos muito com ela e mal ficamos com eles... Não sei o que fazer com essas coisas que me tiram o sono!

Se puder dar-me algum conselho de como resolver a situação ficarei muito grata!

Obrigada

Cara leitora,

Fale com a sua mãe para que ela entenda que tem direito de ver o pai, pois ele vai sempre ser o seu pai e a mãe sempre vai ser a sua mãe, independentemente do que acontece entre eles.

Uma separação abala toda a família e você também vai precisar ter paciência para aguentar não dando tanta importância aos comentários raivosos da sua mãe. Tente entender que ela está zangada com ele e por isso procura sempre dizer mal.

Quanto a ela ser muito intrusiva, faça a sua vida independente das exigências dela. Tem direito de ter vida própria.

Cuide de si , preocupe-se com a sua vida, estudos, namorado, etc.

Tudo de bom