Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Marido traidor

67.jpg

Olá doutora,

fui traída e meu marido me confessou.  Disse que não é um caso, que foi coisa de momento. Que bebeu com os amigos e ficou com outra, disse que foi só beijos e tals. Ele me confessou. Disse que eu sou boa demais pra ele e que ele era um covarde e não prestava por ter me traído.  Falou que não me ama como antes. Mas, quer voltar a amar. Eu estou arrasada por dentro, mas resolvi perdoar e tentar de novo. Somos casados há 17 anos. 

Cara leitora,

Uma traição é sempre muito dolorosa, difícil de ultrapassar e pode levar a uma grave crise no casamento. Entretanto as crises são sempre oportunidades para a mudança. O amor é capaz disso e de muito mais! A ideia é construir algo diferente do que foi.  Naturalmente a base afetiva tem de existir, mas não chega. É necessário que ambos o desejem e que haja um compromisso e empenho no processo de renovar a relação. Um casamento precisa ser cuidado. O amor conjugal precisa ser nutrido para permanecer vivo e evoluir positivamente.

 Caso sintam dificuldades na relação, procurem ajuda especializada. Uma terapia de casal vai ajudar muito.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.