Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Medo de amar

14.jpg

Olá, meu nome é Joana, e só para eu não esquecer de dizer, eu gosto muito de seu blog, e eu gostaria de sua opinião em uma situação.

 

Eu sempre fui muito tímida, e nunca tive coragem de iniciar um relacionamento ou dar o primeiro passo, até que eu conheci uma pessoa, que eu não gostava a princípio, porém conforme a insistência e o tempo, eu me apaixonei, e nós namoramos por um ano, porém nós terminamos, e foi um processo muito difícil pra mim, entender que eu não poderia mais nutrir esse sentimento, e tudo bem, eu acho que consegui lidar com isso a minha forma, o problema é que eu não tenho mais coragem de embarcar em um novo relacionamento, eu até conheço pessoas que eu gosto, mas eu nunca acho que esse gosto é o bastante, então eu deixo passar, e mesmo se o sentimento for recíproco eu abro mão, por não ter certeza disso, e por eu ter namorado somente com 1 pessoa.

Às vezes penso que seria muito mais fácil reavivar um sentimento do que criar um novo, porém essa ideia é inviável, nós já estamos em caminhos bem diferentes e ele já seguiu bem mais em frente do que eu, e o meu medo é que esse meu temor de tentar não passe, e que eu nunca tenha a segurança de tentar de novo.

 

Foi isso. Espero mesmo que me dê sua opinião, pra tentar entender de uma maneira mais ampla, seria de muita ajuda mesmo...obrigada

Cara Joana,

O medo de uma decepção amorosa é o maior empecilho para amar. Se acha que ficou algum “trauma” será preciso que seja trabalhado numa psicoterapia. De qualquer maneira, está na idade de namorar e para perder o medo é preciso ter novas experiências.

A preocupação trabalha contra, quando encontrar a pessoa certa vai voltar a amar. Talvez ainda esteja sofrendo pela decepção amorosa daí o medo de se envolver e não sentir nada por ninguém.

A mente humana para elaborar precisa de tempo e a superação vem somente com o tempo. Os “ensaios” de aproximações, quando positivos, aceleram esse tempo e a confiança em tentar novamente. Somente eles ajudam nesse processo de fortalecimento e confiança renovada.

É importante estar aberta para novos encontros e não deixar que a frustração influencie possíveis relacionamentos futuros. O amor não tem hora e pode acontecer a qualquer momento.

Tudo de bom