Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Medo de bêbados

19.jpg

Boa noite, meu nome é Joana, tenho 21 anos e tenho pavor de bêbados e de bebidas alcoólicas.

Não me lembro de ter passado por nenhuma situação traumática com pessoas bêbadas e por isso fico intrigada.

Não suporto cheiro de bebida, tenho dor de cabeça na hora. Minha barriga chega a doer de nervosismo quando alguma pessoa próxima de mim bebe (namorado, irmãos).

Quando começamos a namorar, eu fiz meu namorado parar de beber por mais ou menos um ano. Depois disso ele voltou a beber e eu tenho medo de ficar perto dele todas as vezes que ele bebe. Não consigo ter um momento sequer de tranquilidade quando sei que ele está bebendo e isso me esgota mentalmente e psicologicamente. Eu sei que isso que eu sinto não é certo, mas ele não entende o que eu sinto e não está disposto a parar de beber.

Eu não sei o que fazer.

 

Cara Joana,

 

O seu medo de bebidas alcoólicas é um medo irracional. Talvez tenha ouvido falar muito mal do álcool e de pessoas alcoolizadas, o que deixou na sua mente um pavor inconsciente. Para um tratamento eficiente é preciso fazer psicoterapia.

 

Entretanto pode aliviar o seu medo ao entrar em contato com bebidas alcoólicas aos poucos para conseguir uma dessensibilização. Não é beber mas estar em contato, cheirar, ver, tocar etc. Trata-se de desaprender as respostas negativas diante de uma situação de medo e stress e de transformar a experiência. Assim a memória cumpre o papel de recordar o novo aprendizado quando for necessário.

 

Fique bem