Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Medo de relacionamentos

98.jpg

Vim aqui pedir ajuda, pois já estava ficando preocupada com meu caso, e minha família as vezes cobra isso.

Tenho 23 anos, mulher, nunca namorei na vida, nunca beijei ninguém na boca e ainda sou virgem.

Quando eu coloco o termo relacionamento na balança não é algo que eu considero, quer dizer, eu não tenho paciência de conhecer pessoas novas e tenho um receio enorme em "ficar" seja com amigos (não tenho muitos) e muito menos com desconhecidos.

As vezes tenho fantasias onde estou em um relacionamento, que tenho namorado, ou me casei, as vezes até com filhos, mas quando coloco na minha realidade eu tenho medo até de começar a ter uma relação amorosa.

Antigamente quando eu tentava ser um pouco mais aberta sobre isso e alguém começava a dar em cima de mim eu hesitava e desfazia a conversa. Já cheguei a cortar contato com muitos por causa disso.

Realmente não sei o que há comigo, talvez eu fantasie demais o homem perfeito? Ou tenho simplesmente medo de relacionamentos? Realmente não sei.

Cara leitora,

O seu caso não é anormal. Histórias como a sua acontecem com frequência. Acontece que a sociedade lida de forma muito contraditória e inadequada com as questões da sexualidade.

Se quer se envolver num relacionamento tem que fazer algum esforço para que isso aconteça. A falta de aprendizado, não ajuda. Que tal começar por modificar a sua postura?

Ser mais aberta e ter uma atitude menos esquiva. Quanto mais fugir dos encontros, mais difícil será retomar as suas fantasias que exprimem o desejo de estar num relacionamento, ou num relacionamento estável e ter filhos.

Procure deixar o “receio” de lado e as crenças negativas relacionadas com a sua falta de experiência. Não há idade certa para começar. E não se impressione se tiver alguns fracassos, use-os a seu favor.  Toda a experiência leva a um crescimento pessoal.

Afinal nada como viver um dia após o outro.