Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Medo e imagens de morte

 

 

Olá Dr.ª, Não sei se é normal, mas de uns tempos para cá comecei a me basear muito no que vejo na TV, um exemplo, o medo constante de programas que envolvam assassinos, terror etc., fico com muito medo disso ser trazido para dentro da minha vida e isso me dá muito medo mesmo, medo de não conseguir dormir a noite.

 

A partir disso, imagens de morte vêem na minha cabeça, eu consigo controlar muito bem isso para não sentir medo, mas estes pensamentos sempre voltam, eu gostaria que eles tivessem fim. Eu fico sozinho durante a semana. Eu sinto que estou desenvolvendo uma resistência a esses medos, e até estou me desafiando a voltar a assistir coisas que gostava antes e agora me dão medo. Dra., tenho muita vergonha de compartilhar coisas com meus pais, não sei se aceitariam bem, mas minha mãe também é bem legal para conversar, mas não consigo conversar com ela.

 

Dr.ª. poderia dar-me algumas dicas?

Obrigado.

 

 

 

Na maioria dos casos ao assistir um filme de terror pode produzir ansiedade e emoção. Penso que seja somente uma curiosidade passageira e uma forma de se distrair sentindo mais emoção. O que não pode é transformar-se numa obsessão e num terror.

 

A palavra “Medo” é derivada do latim “metu”, e é descrito como: “Sentimento de grande inquietação ante a noção de um perigo real ou imaginário, de uma ameaça; susto, pavor, temor, terror”.

O apelo dos filmes de terror é grande porque o ser humano busca, por instinto, emoções fortes e primitivas, e o medo é a primeira delas. Nossa mente é tão complexa que consegue associar o medo ao prazer e muitas pessoas sentem certo prazer em sentir medo, ou pelo menos rápidos sustos.

 

Procure assistir outros tipos de programas mais leves antes de dormir para que consiga relaxar e descansar sem medos.

Se entretanto não melhorar , partilhe com seus pais e procure uma ajuda especializada para trabalhar e resolver os seus medos.

 

Dicas:

- Compreenda seu medo.

- Enfrente seu medo.

- Respeite seu medo.

- Mude seu comportamento.

- Tenha confiança em si mesmo.