Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Namoro problemático

128.jpg

Meu namorado incrível, parceiro, amigo e sempre me inclui no seus hobbies, mas ele sofre com ansiedade. Moramos há uns 40 km de distância, porém passo a metade da semana com ele, mas quando volto pra minha cidade ele me questiona tudo, me testa, fica triste e sempre quer terminar, apaga nossas fotos da rede social e eu evito ser orgulhosa com ele, sempre vou atrás e faço de tudo pra ele ficar bem.  Ele é muito dependente emocional de mim e eu, mesmo sendo mais nova, sou mais madura e evito reclamar para não brigarmos, pois ele sempre fica mal.

Toda vez que ele   eu vou atrás dele tento fazê-lo rir, mesmo ouvindo muitas coisas sem nexo, eu tiro força e determinação do além, algo me alimenta pra fazer dar certo!
Mas não sei se é o melhor pra ele e se vai ficar algo vicioso, queria muito ajuda- lo.

Os outros relacionamentos dele não duram 6 meses e ele se orgulha do nosso por estarmos a 1 ano e 1 mês, e quando estar bem é tudo mágico, somos extremamente conectados mas piso em ovos pra não magoá-lo e não dececioná-lo.

Faço certo em ir atrás ? Estamos brigados há 1 dia, ele apagou fotos e disse que queria terminar, mas sei que se eu me segurar ele vem atrás (espero). Mas até lá ele fica sofrendo, não trabalha direto, e não tem muitos amigos próximos nem família por perto! Ele é meio distante da família e carrega uma mágoa dos mesmos.

O que fazer nesse momento?

Cara leitora,

Se realmente está apaixonada e sente que ele também gosta de si, porque não recuperar esse amor? Agora, se sente que a ansiedade dele é muito limitadora para a sua vida, pense melhor antes de ir atrás.

Dê um tempo para si própria e também para seu ex poder repensar. Talvez ele precise de um espaço para perceber melhor a situação e sentir a possibilidade da perda.