Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Casada infeliz

Paula Rego

 

Doutora, peço desculpa, mas não resisti em procurar ajuda, já pensei várias vezes em procurar ajuda mas vai passando.
 
Estou casada com o meu actual marido há 21 anos (10 anos mais velho do que eu), e actual porque já fui casada desse casamento tenho um rapaz de 30 anos, deste casamento tenho um rapaz de 19.
 
Doutora, sempre fui uma mulher muito lutadora aos 27 anos comecei a estudar e hoje sou licenciada em Contabilidade e Auditoria.
 
Estudei depois de ter casado com o meu segundo marido, quando casamos tínhamos habilitações idênticas, ao longo dos anos para além dos estudos académicos também cultivei o gosto pela leitura.
Neste momento estou afastada do meu marido, sinto que esta pessoa já não me diz nada, enquanto eu sou uma pessoa sensível e com uma certa delicadeza, ele é o inverso.
 
Não suporto ter relações sexuais, mas também não suporto a ideia de me separar! Já me perguntei porquê a mim própria, mas não encontro resposta, talvez por causa da parte económica, pois neste momento estou a passar por dificuldades em relação à minha profissão, também existe o filho. Gosto do meu marido, pois é em parte a ele que devo um pouco do que sou hoje.
A verdade é que me sinto infeliz, precisava ter alguém ao meu lado que soubesse conversar e acompanhar-me nesta caminhada pela vida que é tão bela.
Sinto-me muito ansiosa, estou a ter problemas de saúde (aparelho digestivo), não sei se estes problemas estão relacionados com o facto de não estar bem emocionalmente?
 
Sinto-me perdida, sem saber o que fazer!...
 
Doutora sei que é difícil ajudar e avaliar alguém através de um simples mail, pessoalmente tinha muito para dizer.
 
Esta situação foi surgindo ao longo de todos estes anos, não foi de um momento para o outro. Para um casamento sobreviver é necessário que o casal viva na magia, o que aconteceu é que a magia quebrou-se. O meu marido vive a parte carnal com intensidade, para mim é necessário existir química entre o casal, se essa química não existir o resto não funciona.
Peço desculpa pelo português e pontuação pouco cuidado!
Obrigada, o facto de expor aqui os meus problemas já me faz sentir melhor.
 
Cumprimentos,
A.