Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Marido traidor

67.jpg

Olá doutora,

fui traída e meu marido me confessou.  Disse que não é um caso, que foi coisa de momento. Que bebeu com os amigos e ficou com outra, disse que foi só beijos e tals. Ele me confessou. Disse que eu sou boa demais pra ele e que ele era um covarde e não prestava por ter me traído.  Falou que não me ama como antes. Mas, quer voltar a amar. Eu estou arrasada por dentro, mas resolvi perdoar e tentar de novo. Somos casados há 17 anos. 

Cara leitora,

Uma traição é sempre muito dolorosa, difícil de ultrapassar e pode levar a uma grave crise no casamento. Entretanto as crises são sempre oportunidades para a mudança. O amor é capaz disso e de muito mais! A ideia é construir algo diferente do que foi.  Naturalmente a base afetiva tem de existir, mas não chega. É necessário que ambos o desejem e que haja um compromisso e empenho no processo de renovar a relação. Um casamento precisa ser cuidado. O amor conjugal precisa ser nutrido para permanecer vivo e evoluir positivamente.

 Caso sintam dificuldades na relação, procurem ajuda especializada. Uma terapia de casal vai ajudar muito.

 

Traição e perdão

bosch9.jpg

 

Há dois dias descobri que meu marido me traía há seis meses, estou casada com ele há seis anos, perdi meu chão quando vi mensagens ,fotos e etc....no celular dele e por mais que ele tenha aberto o jogo e me contado toda a verdade me dizendo que durante esses seis meses eles só se viam uma vez por mês e que teve apenas quatro relações íntima com ela está doendo muito só de lembrar.

Ele me pediu perdão, desculpas e disse que não sabia onde ele estava com cabeça e me perguntou se eu iria deixa-lo , fiquei muda por um instante, mas como posso deixa-lo se o amo acima de tudo. Ele me disse que iria fazer um propósito com ele mesmo e que nunca mais queria me ver chorar por um erro dele, não sei o que pensar não sei se amor ou obsessão que sinto por ele a ponto de perdoar uma traição assim. Me ajude por favor!!!

 

Cara Leitora,

 

A infidelidade é muito comum entre os casais, mas perdoar é possível.

Quando o sentimento de amor é muito grande ou maior que tudo, acredita-se ser possível perdoar e superar o evento, entretanto, só o perdão não basta. É preciso que ambos, como já disse, avaliem tudo que aconteceu e se realmente poderão superar e retomar o relacionamento. Não se pode simplesmente perdoar, voltar e achar que está tudo bem, pois ao menor conflito ou desentendimento, a questão mal resolvida virá à tona com tudo e com força reacendendo todos os sentimentos negativos vividos.

Se gosta dele, cultive coisas que sejam positivas e favoráveis a uma reaproximação saudável e construtiva, caso contrário, só vai desgastar ainda mais o relacionamento. Avalie, reflita e lute por aquilo que realmente seja bom e importante para você, lembre-se que seu bem-estar deve estar acima de tudo. Portanto, olhe para si, para sua vida, seus objetivos e ideais. Jamais abandone-os!

 

Fique bem

Perdoar e esquecer

 

 

Boa tarde.
Dirijo-me a si no intuito de conseguir ajuda anónima.
Descobri com a maioria dos detalhes, há dois anos, que a minha mulher me andava a trair e desde então tento esquecer e perdoá-la, mas o facto é que a nossa vida passou de boa a miserável, pois estou constantemente a pôr-lhe à cara o que aconteceu e desde a descoberta que me sinto, inútil, triste, feio, constantemente com mágoa e nutro revolta por quase toda a gente, etc, etc.

 

Eu não era assim, fiquei assim depois disto.
Continuo a tentar esquecer e perdoar, pois gosto muito da sua companhia, da sua amizade, das coisas que ela faz, noto o quanto ela é linda, mas no final e embora veja e lhe diga tudo isto, ela não tem valor nenhum nem como esposa nem como mulher, pois em quase 15 anos de casamento nunca eu tive sequer a ideia de a magoar desta maneira e ela não se fez rogada assim que teve oportunidade.

 

Deparo-me nesta situação, mas embora já tenha tido inúmeras oportunidades de a trair ou de a deixar, certo é que não consigo e porque sei que não tenho coragem e porque ninguém merece uma coisa destas...

 

Ajude-me por favor, pois tenho vergonha de procurar ajuda...
Muito Obrigado e muitas felicidades para o seu trabalho.

 

Perdoar a namorada

 

Gustav Klimt

 

Olá Dra.,
 
Peço ajuda a você porque não estou aguentando mais essa situação…
Fui uma pessoa muito amorosa, mais com o passar do tempo comecei a tratar mal minha namorada, saí sem ela.. mas ela nunca soube das traições somente das festas.
Fui a outra cidade e a todo momento ela me julgava que eu estava traindo...devido a falta  de atenção.

Tempos se passaram e as coisas ficaram muito bem mais mesmo assim ela me traiu...descobri em algumas fotos e ela confessou...que havia me traído com um amigo de trabalho. Sei que fiz muito mal a ela mas o homem não atura isso.
Cheguei a sofrer um acidente de carro quando estava saindo sem ela e a mesma descobriu.
Ele estava ficando com um amigo de trabalho mesmo quando estávamos bem, levando em consideração que eu estava em outra cidade mas com a poluição mental das amigas "Olha ele é professor! ele deve está saindo com outras, nessa cidade que ele está deve ter muita menina afim dele, etc.."

Quero perdoá-la mas não conseguirei viver com isso…O que faço? Eu a amo… mas vai ser difícil viver com isso.. Sempre irei pensar que ela fará de novo.
Me ajuda..já tentei até me matar...
 

 

Traição

 

 

Sou casada há 23 anos e descobri que sou traída há quase 7 anos, ele pediu perdão diz não querer sair de casa, estou desesperada, já pensei em morrer, parece que o mundo acabou pois amo este homem desde meus 11 anos o meu corpo todo dói sinto q não vou conseguir sair do estado em q me encontro.
 
Hoje é 05/02/2008 a descoberta começou no dia 18/12/2007.
 
Me ajude se é possível.