Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Vazio interior

niki6.jpg 

Vim aqui a pedir que me possam ajudar. Faz algum tempo que estou sentindo-me assim. Um vazio completo. Mal tenho vontade de sair de casa, não tenho interesse por nada, tenho tentado encontrar  algo. Mas este vazio me persegue para onde for que eu vá.

Ultimamente mal tenho vontade de sair de meu quarto. "Teve um dia que passei todo o domingo olhando para o teto tentando pensar algo para me mudar". Mas não consegui. Não adiantava, sempre o vazio me consome e volto ao meu estado anterior. Teve vezes que pensei em me matar. Mas não tenho coragem  para isso.

Meus parentes estão preocupados comigo mas não sei que resposta dar a eles. (Ir lá e falar tô com depressão ou algo assim) Tenho absoluta certeza  que não tenho depressão. Mas esse vazio me consome. Eu quero mudar, mas não sei como. Esse vazio me consome. Muitas vezes acho que está faltando  algo em minha vida mas não sei o que é.

Obrigado J.

 

Caro J.,

Quando há um “vazio”, causando-nos pensamentos e emoções negativas predominando uma sensação de inquietude profunda que oprime o coração, é tempo de pensarmos em procurar ajuda.

Há feridas e traumas que ao longo de nossas vidas foram se instalando em nós e que criam os tais espaços “vazios” no nosso interior.

É necessário fazer um trabalho de questionamento, procura e interiorização para colmatar esse vazio.

À medida que vamos partilhando histórias, experiências e emoções em psicoterapia, procuramos, em conjunto, encontrar os “vazios” e feridas que estão a causar sofrimento, observamos cada movimento do próprio pensar (os padrões de pensamento, as crenças erróneas, as acções irreflectidas…), identificamos as “máscaras” que fomos desenvolvendo ao longo da vida e, sobretudo, procuramos desenvolver e aprofundar todos os recursos e capacidades, abrindo portas para a autorrealização e a responsabilidade pela própria vida.

 

A psicoterapia não existe apenas para as patologias mas também para todas as pessoas que sintam que precisam realizar este trabalho interior que é um (re)encontro consigo mesmas.

Preencher esse vazio é um trabalho árduo, mas vale a pena o resultado quando há novas apostas e nova atitude diante da vida.

É preciso ter é preciso ter força de vontade para esquecer a morte e lutar por ter uma vida melhor e mais feliz!

Tudo de bom