Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Consultório de Psicologia

Espaço de transformação com a finalidade de orientar, ajudar, esclarecer dúvidas e inquietações. Encontre equilíbrio, use sua criatividade e deixe fluir sua energia. Mariagrazia Marini Luwisch

Trauma e ouvir vozes

28.JPGOlá Doutora, tudo bem? Gosto muito do seu site, eu tenho depressão e eu estou escutando vozes internas principalmente antes de ir dormir, Essas vozes elas são aleatórias e as vezes o conteúdo delas tem relação com o que eu estou pensando, não chegam a ser vozes complexas, mas as vezes é como se ela falasse palavras que vão de encontro com aquilo que estou pensando.
Fui no psiquiatra e ele descartou esquizofrenia, mas falou que pode ser depressão psicótica, a minha dúvida é: qual o limite para voz deixar de ser normal e ser considerada psicótica? No meu caso essas que descrevi podem ser depressão psicótica???

 

Caro Leitor,
Ouvir vozes é uma situação comum. Pessoas “supostamente saudáveis” também ouvem essas vozes. A diferença entre vozes patológicas e “normais” está no fato de pessoas não-psicóticas ouvirem essas vozes, mas elas não os incomodar.

Um passado traumático pode predispor as pessoas a ouvirem vozes, como se fossem um efeito a longo prazo do trauma. Nesse caso para o tratamento é preciso fazer uma psicoterapia.

Bom ano

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.